Logo da República do Brasil - Justiça Federal da 5ª Região
Link do Tribunal Regional Federal da 5ª Região
Imagem do Portal da Justiça Federal
Portal da Justiça Federal da 5ª Região TRF5 Sustentável Selo Justiça em Números

CNJ lança Plano de Comunicação da Estratégia Nacional do Poder Judiciário 2021-2026

12/05/2021 às 16:17:00

O tema “Realizar Justiça é a nossa missão” foi escolhido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para o Plano de Comunicação da Estratégia Nacional do Poder Judiciário para o período de 2021 a 2026. A ideia é tornar mais conhecida, pela Justiça e sociedade, a Estratégia Nacional do Poder Judiciário, fortalecendo o sentimento de pertencimento dos magistrados, servidores e colaboradores do Judiciário em relação aos projetos, programas e ações desenvolvidos internamente e com a sociedade. O lançamento da campanha ocorreu ontem (11), durante a 1ª Reunião Preparatória para o 15ª Encontro Nacional do Poder Judiciário, transmitida de forma remota.

Participaram do evento presidentes dos tribunais do país, integrantes da Rede de Governança Colaborativa do Poder Judiciário, responsáveis pela área de Gestão Estratégica e servidores da área de estatística. 

A Estratégia Nacional do Poder Judiciário é um instrumento de gestão responsável por orientar os tribunais a desenvolverem políticas judiciárias, de controle da atuação administrativa e financeira e por meio da relação com a sociedade. O monitoramento do cumprimento da Estratégia Nacional do Poder Judiciário se dá por meio de indicadores de desempenho, Metas Nacionais e avaliações de programas, ações e projetos.

Em 2020, com a participação democrática de todos os órgãos do Judiciário, o CNJ apresentou a Estratégia Nacional para os próximos seis anos e instituiu os valores que não podem ficar de fora na busca por uma Justiça mais humanizada e responsiva, até 2026. São eles: acessibilidade, agilidade, imparcialidade, credibilidade, eficiência, ética, integridade, inovação, sustentabilidade, segurança jurídica, transparência e responsabilização

Prêmio CNJ de Qualidade - Durante a 1ª Reunião Preparatória, também foi lançado o Prêmio CNJ de Qualidade 2021.  A novidade deste ano é que CNJ permitirá aos tribunais participantes que acompanhem, em tempo real, a pontuação de cada critério. Será possível, por exemplo, fazer correções nos documentos enviados. O acompanhamento se dará por meio de dois painéis: um referente aos itens relacionados com a Base Nacional de Dados do Poder Judiciário (DataJud) e outro com informações de pendências documentais.

Criado em 2019, em substituição ao antigo Selo Justiça em Números, o Prêmio CNJ de Qualidade para o ano 2021 apresenta, ainda, avanços em comparação ao ano anterior. Foram implantadas, por exemplo, mudanças nos critérios de pontuação e avaliação a pedido dos tribunais. Também foi considerada a situação emergencial do país e, consequentemente, do Poder Judiciário, com o enfrentamento à pandemia da Covid-19.

 

(Com informações da Agência CNJ Notícias)

 


Autor: Divisão de Comunicação Social do TRF5/Agência CNJ Notícias

 Imprimir 

Top